Google Adwords Passo a Passo

Google Adwords Passo a Passo

Conheça o passo a passo para ter sucesso com Google Adwords

Antes de iniciar qualquer ação de marketing digital devemos conhecer as ferramentas que vamos utilizar, planejar as ações que serão efetuadas, os serviços e produtos que serão oferecidos e para qual público deseja vender.

Com o Google AdWords funciona do mesmo modo, o posicionamento estratégico e as ações efetuadas em sua campanha de Google Adwords é parte decisiva para obter resultados e lucro real com sua ação.

Conheça os passos principais para iniciar uma campanha de sucesso no Google AdWords.

1° Passo: Canais de divulgação no Google Adwords

Escolher o canal que sua campanha será exibida é o primeiro passo quando iniciamos a configuração da campanha, o Google nos fornece diferentes opções, como:

Apenas Rede de Pesquisa

Nesse caso seus anúncios serão acionados ao digitarem algum termo que corresponde as suas palavras-chave (Veremos mais a frente como adicionar as melhores palavras em sua campanha). Os anúncios são exibidos nos resultados de busca do Google e nos parceiros de pesquisa. (Aqueles sites que fornecem uma janela de pesquisa na rede Google).

Apenas Rede de Display

Com a rede display seus anúncios serão exibidos apenas na rede de sites Google e websites parceiros. Com certeza você já deve ter navegado em algum site de receitas culinárias e ter visto algum anúncio de cozinha planejada ou fogão, ou então presenciou alguma situação semelhante.

É comum os anunciantes na rede display direcionarem seus anúncios para websites ou blogs, que apresentem conteúdos de interesse em comum com seu público-alvo (É a forma correta de se fazer!). Com as redes de display do Google, é possível segmentar em quais sites deseja exibir seu anúncio e escolher seu público por temas, categorias e pela segmentação contextual (As palavras-chave).

Rede de Pesquisa com Exibição na Rede de Display

Está é uma campanha hibrida, onde seus anúncios serão exibidos tanto na rede de pesquisa quanto rede de display, nesse caso as mesmas palavras-chave que você vai utilizar na rede de pesquisa servirá para a segmentação contextual na rede de display.

Eu particularmente costumo não utilizar as campanhas hibridas, pois caso você realmente queira aproveitar o máximo que a campanha de display lhe oferece, e trabalhar com detalhes na segmentação, o melhor caminho é criar campanhas separadas para rede de pesquisa e display.

Google Shopping

O Google Shopping substituiu os antigos anúncios com Lista de Produtos, se tornou mais moderno e mais fácil de gerenciá-lo. Os anúncios do Google Shopping são aqueles anúncios de produtos exibidos quando pesquisamos algum termo que se refere a um produto na rede de pesquisa do Google, como “Geladeiras”, “iPad”, “Celular”, entre outros termos.

O Google Shopping é um tipo de campanha voltada para os anunciantes que possuem um E-Commerce, todas as informações e fotos de produto são importados automaticamente da sua plataforma, que facilita bastante o processo de divulgação.

O primeiro passo antes de criar sua campanha, é criar uma conta no Google Merchant Center, e seguir as instruções o passo a passo site para exportar seus produtos. (Será necessário exportar um feed de dados com a lista dos produtos que deseja anunciar, a maioria das plataformas como OpenCart, Magento e WooCommerce, já fornecem plugins específicos para a exportação).

Ao criar uma campanha nova, é muito importante escolher um nome que seja fácil para você identificar os produtos que está anunciando nessa campanha, o tipo de campanha (Existem 4 opções, como vimos acima), e sempre marcar como “Todos os Recursos”, para que você tenha disponível todos os recursos daquela campanha, exceto o caso do Google Shopping, que tem seus recursos oferecidos com um único padrão.

2° Passo: Geolocalização

Antes de começar a fazer qualquer tipo de propaganda precisamos definir onde a propaganda será feita e para qual público, com as campanhas do Google AdWords funciona do mesmo modo. Agora que você já conheceu um pouco sobre cada um dos canais, o próximo passo é iniciar a configuração da campanha.

Na primeira tela de configuração de sua campanha você terá as opções de “Locais”, onde você conseguirá buscar por nome dos estados, cidades ou até países que deseja que seus anúncios sejam exibidos, serão exibidas as seguintes opções:

– Todos os Países e Territórios: Sua campanha será exibida no mundo todo.
– República Federativa do Brasil: Sua campanha será exibida em todo o país.
– Deixe-me escolher: Nessa opção você consegue digitar os locais onde deseja exibir a sua campanha, ou excluir locais de exibição.

Para definir os melhores locais de anúncio é importante olhar para o seu produto, se você não efetua entregas fora da sua região ou tem um negocio local, para sua empresa estar anunciando apenas em sua cidade já é o suficiente, caso seu produto possa ser entregue em todo o país, você pode selecionar diversos estados ou até mesmo todo o país.

É muito importante responder essas questões para não perder o valor investido com cliques inválidos e que não irá se transformar em venda real.

3º Passo: Horário de exibição. Qual o melhor horário para anunciar?

Uma dúvida que surge em toda nova campanha de Google AdWords é qual o melhor horário para anunciar? Devo anunciar em finais de semana? De manhã ou à tarde, qual deles eu tenho uma melhor conversão?

É possível responder essas questões de forma mais correta, após testar o desempenho de sua campanha por pelo menos 7 dias seguidos. Assim você terá métricas de qual horário você tem maior número de cliques, podendo aumentar ou diminuir seus lances conforme a hora e dia.

É claro que dependendo de seu público-alvo é possível ter as primeiras métricas de horário e segmentação, por exemplo, se você é um fornecedor e tem como principal carta de clientes outras empresas, seus anúncios devem ficar bem posicionados durante o horário comercial, com mais empenho e agressividade, pois o seu público estará ativo nesse horário buscando por seus produtos.

Claro que é muito importante também a sua empresa ficar disponível na rede em horários diferenciados, como sábado e domingo, pois assim como nós as pessoas podem estar conectadas 24 horas, e qualquer hora é hora de se fazer negócios no Google. Tudo irá depender dos resultados obtidos com os testes, como quantos pedidos de cotação eu recebo no sábado, e comparado aos dias úteis, esse número é maior ou menor? Caso possua um E-Commerce, suas vendas e cotações serão um dos principais indicadores para encontrar a melhor resposta.

Após essa análise, quando você já conhecer os momentos certos para anunciar, e os momentos oportunos para diminuir seus lances, como sábado e domingo, que a concorrência pode ser menor, é hora de utilizar a ferramenta de programação de anúncios.

Com a Ferramenta de Programação de Anúncios, é possível escolher os dias e horários que deseja que seu anúncio seja exibido, e automaticamente o Google AdWords irá gerenciá-los conforme suas preferências.

Essa opção aparece no fim da primeira página de criação de sua campanha, ou caso deseje utilizar em uma campanha já existente, basta ir até a aba Configurações > Programação de Anúncios, na campanha desejada. Com a campanha já configurada também é possível aumentar ou diminuir a porcentagem do seu lance conforme os dias e horários.

4º Passo: Grupos de Anúncios bem estruturados, lance e palavras-chave.

Grupos de Anúncios bem Estruturados

Chegamos a um dos itens mais importantes, a estruturação de seus grupos de anúncios. Caso você trabalhe com diferentes serviços ou categorias de produtos diferentes, é importante criar grupo de anúncios para cada tipo de produto ou serviço, pois dessa forma você consegue criar anúncios relevantes que falam exatamente sobre o produto que está divulgando, além de aumentar a qualidade de suas palavras-chave.

Estudo de Caso!

Vamos a um estudo de caso, há algum tempo atrás trabalhamos em uma conta na agência, que o cliente passava por uma situação difícil com seus anúncios, havia muitos cliques, mas zero de vendas em seu E-Commerce, taxa de rejeição muito alta, fizemos a análise na conta do Google AdWords e então percebemos um cenário que é muito comum, veja abaixo:

O problema do cliente

Nosso cliente tem uma loja virtual no ramo de vestuário. Ele trabalha com peças voltadas para o público masculino, feminino e infantil. Quando pegamos a conta do AdWords, a mesma já possuía 6 meses de atividade sem vendas significativas, não chegando a 10 vendas no mês, mesmo com o grande número de cliques. O primeiro item que verifiquei foram os grupos de anúncios, e estava com configuração errada.

Havia apenas 1 grupo de anúncio em sua conta, com 3 anúncios de texto ativo e mais de 40 palavras-chave, entre elas “Calça feminina”, “Roupas Femininas”, “Camisa social masculina”, “Bermuda infantil”, entre outras dezenas de palavras. O erro estava nítido, independente da palavra-chave digitada apenas um anúncio era ativado e todos os clientes eram levados a home de seu site, ao invés de ser direcionado a categorias corretas.

Isso levou a uma taxa de rejeição de 78%, pois quem estava procurando “Bermuda infantil”, era direcionado a home do website com diversos produtos diferentes, ao invés de acessar uma categoria com diversos modelos de bermudas infantis.

Solução Aplicada

Nós recriamos toda a conta do Google AdWords, com 3 campanhas diferentes, cada uma para um grupo principal de produto, entre produtos femininos, masculinos e infantis, e em cada campanha criamos grupos de anúncios que iriam de encontro com as categorias no site do cliente, como “Camisas Masculinas”, “Calças Feminas”, entre outras.

Desse modo, utilizamos anúncios otimizados para cada grupo de produto, com link de destino para sua categoria, quem buscava por “Bermuda Infantil” encontrava um anúncio falando sobre o produto e com link direto para a categoria com diversos modelos de bermudas.

Nós também ativamos os anúncios com Google Shopping para todos os setores da loja, o que ajudou a potencializar a conversão e a valorização da marca do cliente. No website nós aperfeiçoamos alguns processos para facilitar a compra e criamos banners mais atrativos para os setores da loja.

Resultados Obtidos

Em 4 meses de campanha, a média de vendas subiu para 60 pedidos no mês, e a taxa de rejeição caiu de 86% para 22%, o que é considerado muito bom para um E-Commerce.

Nesse caso o problema principal estava na má configuração da campanha, mas além desse muitos outros problemas que podem acometer as suas vendas, desde itens no Google AdWords até as funcionalidades do website, em cada caso é preciso fazer uma análise profunda e diagnóstico.

Lance CPC no Google Adwords

O lance de CPC (Custo por clique) é o valor máximo de lance que você está disposto a pagar, por cada clique em seu anúncio. Para entender um pouco mais de como funciona o CPC, é preciso conhecer como funciona o leilão do Google. Vamos lá!

Ao digitar um termo de pesquisa no Google, os anunciantes que utilizam aquela palavra-chave como gatilho para ativar os seus anúncios passam por um leilão, que define a colocação de cada anunciante. Esse leilão leva em consideração 3 itens importantes, são eles:

CTR (Taxa de Conversão):

A taxa de cliques de seu anúncio. Esse é de longe uma das principais medidas que o Google utiliza para exibir seus anúncios em melhores posições, cada clique que recebe em seu anúncio aumenta a taxa de CRT.

Você deve se perguntar como o CTR é Calculado?

Em seu painel do Google AdWords, o CTR é exibido em porcentagem, esse valor é calculado conforme o seu número de cliques, divido pelo número de impressão do anúncio e o resultado multiplicado por 100.

Exemplo:

                Obtive 10 cliques em minha campanha e 70 impressões.            
                10 / 70 = 0,14 * 100 = Minha taxa de conversão é 14,28%.

 

Relevância da Palavra-chave:

Relevância da palavra-chave é o segundo fator que o Google analisa para decidir o melhor posicionamento no leilão. O Google decide a relevância analisando a linguagem da palavra-chave no contexto do anúncio, verificando o quanto eles se relacionam. O Google usa da relevância para garantir que apenas anúncios de qualidade sejam exibidos para os usuários.

O Google deseja que a experiência no Google AdWords seja favorável para ambos os lados, que o anunciante consiga ir de encontro com seu público alvo e que os usuários consigam encontrar pessoas oferecendo conteúdos relevantes, e que supram suas necessidades, representadas através do termo de pesquisa.

Portanto, é de extrema importância utilizar grupos de anúncios, anúncios bem elaborados e em seu site utilizar de uma linguagem clara e objetiva, focando no serviço que deseja oferecer.

Seu website (Página de destino):

A página de destino de sua campanha é o terceiro item que é julgado pelo Google, e influencia na posição de seu anúncio, é importante ter uma página relevante, com conteúdo original. Além disso, o carregamento da página, a fácil navegação, usar o menor número de Pop-ups possíveis e ser transparente quanto à natureza de seu negócio e os serviços que oferece, contam pontos na análise do buscador.

Todos esses itens são calculados automaticamente pelo algoritmo do Google, e cada anunciante recebe uma nota no Quality Score (Indíce de Qualidade), esses dados serão utilizados para medir o Ad Rank do anúncio que determina a posição daquele anunciante.

Para determinar o melhor o seu lance é preciso primeiramente ter uma campanha bem estruturada, e sempre utilizar o Planejador de Palavras-Chave (http://adwords.google.com.br/KeywordPlanner), com ele é possível verificar o lance médio de primeira página para uma determinada palavra, e desse modo você conseguir gerenciar seus lances de forma assertiva, aumentando ou diminuindo para alcançar suas metas.

Porque explico tudo isso?

Sem entender isso, será muito difícil tomar decisões importantes em sua campanha, solucionar problemas de posicionamento e se posicionar de forma agressiva perante os concorrentes da forma correta, não apenas aumentando o lance a números altíssimos, mas trabalhando a qualidade de sua campanha. No próximo post entraremos em detalhes de como funciona o AdRank e sobre quanto realmente você deve pagar por um clique.

Palavras-chave

Eu sempre repito que a escolha de palavras-chave corretas é o item mais importante de uma campanha, não adianta querer fazer apenas por intuição tem que pesquisar e usar as ferramentas que o Google Oferece, como o Google Trends, que mostra como um determinado termo é pesquisado durante o ano e tomar decisões com base em dados precisos.

Tente ser objetivo em suas escolhas, utilize palavras-chave que vão de encontro com os produtos que oferece a seus clientes, por exemplo, se você comercializa sapatos masculinos de diversos modelos e marcas, é certo que a palavra-chave “sapatos masculinos” pode te levar até seu público, mas também vale adicionar combinações como:

– [sapatos sociais masculinos];

– [sapatos masculinos social];

– [sapatos masculinos italianos];

– [sapatos sociais];

São termos exatos, mas que representam diretamente a necessidade de seu consumidor, e seguindo as regras citadas acima para criação de seus anúncios, com certeza terá bons resultados. Toda comunicação de sua campanha é feita através de seus anúncios, esse será o primeiro contato de seu futuro cliente com a sua empresa, portanto ele precisa funcionar e ter relevância para seu cliente e para o Google.

5º Passo: Comunicação objetiva. Exponha o melhor de seu produto

O último passo, é manter uma boa comunicação, mostre o melhor de seu produto para seu cliente, as vantagens de adquirir um produto com sua empresa, as pessoas querem facilidade e só compram como forma de suprir um desejo, de realizar um sonho. Lembre-se, caso você venda cosméticos, eles não são apenas cosméticos, você vende beleza, sonhos, sensações positivas. Seus anúncios e website podem refletir esses sentimentos.

Saber expor seu produto é o passo mais importante para atrair seu público, tente pensar como quem vê a sua empresa de fora e aposte na comunicação.

 

Dica Bônus: Conheça seus concorrentes!

Fique de olho na concorrência! Além de ter uma boa campanha, é de extrema importância conhecer os seus concorrentes diretos no Google Adwords, os demais anunciantes que estão todo dia ao seu lado no buscador, e que dividem com você cada cliente e até compartilha dos mesmos leads, cabe apenas a você convencer o usuário que o seu produto é o melhor.

É importante também conhecer a página de seu concorrente, valor praticado no mercado, os diferenciais, as forças e as fraquezas.

Após essas análise entenda a necessidade de seu público, com essas respostas é possível criar uma estratégia que eleve o número de suas vendas, melhore o seu relacionamento com o cliente e te proporcione maior autoridade, garantindo novas vendas no futuro com a valorização de sua marca.

Gostou? Por favor, Comente e Compartilhe. Não gostou?  Discuta, e nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Rogério Fortes

Rogério Fortes é Desenvolvedor Web e Analista de Marketing Digital, trabalhou em grandes projetos para marcas nacionais e internacionais. Nas horas vagas adora ler um bom livro e estar com amigos e família.

More Posts - Website

Follow Me:
FacebookLinkedInGoogle Plus

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *